Tag: cirurgiaplastica

CIRURGIA DE EXPLANTE MAMÁRIO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER

CIRURGIA DE EXPLANTE MAMÁRIO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER

PRINCIPAIS RAZÕES PARA A CIRURGIA DE EXPLANTE MAMÁRIO HOJE Quando as pessoas decidem colocar implantes mamários, muitas vezes pensam que os terão por cerca de 10 anos. Afinal, é assim que dura a garantia. Ainda assim, não é incomum que mulheres que fazem implantes mamários optem mais 

O que é cirurgia de pálpebra?

O que é cirurgia de pálpebra?

A cirurgia de pálpebra é um tipo de cirurgia realizada nas pálpebras. É feito para remover o excesso de pele das pálpebras superiores e reduzir a flacidez das pálpebras inferiores. Também é chamado de lifting de olhos. Por que é feita a cirurgia de pálpebra? Esta cirurgia geralmente é feita 

Ninfoplastia: saiba mais sobre cirurgia de lábio vaginal

Ninfoplastia: saiba mais sobre cirurgia de lábio vaginal

A ninfolastia ou labioplastia é uma cirurgia plástica realizada com o objetivo de reduzir os pequenos lábios vaginais em mulheres que apresentam hipertrofia nessa região. O Brasil é líder mundial no procedimento. De acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, de 2015 a 2016, o aumento nas intervenções foi de 80%, passando de cerca de 12 mil para mais de 23 mil registros.

O procedimento é recomendado para mulheres que possuem lábios vaginais pequenos e muito grandes, causando desconforto durante a relação sexual e causando vergonha ou baixa autoestima. Não existe uma medida correta para este volume, mas é geralmente aceito quando os pequenos lábios estão cobertos pelos grandes lábios. Embora a hipertrofia dos pequenos lábios possa estar associada à dor na relação sexual ou ao aumento da incidência de infecções urinárias, o desconforto causado pelo aparecimento da região costuma ser o que determina a indicação. Por isso, a necessidade de cirurgia depende da vontade do paciente.

A hipertrofia pode ser causada por alguns cenários possíveis. Pode, em primeiro lugar, ser congênita e existir desde o nascimento, mas também pode ser adquirida. Alterações hormonais, como o uso de anabolizantes, por exemplo, podem causar esse problema. Problemas endócrinos também podem alterar o equilíbrio hormonal, levando a um aumento. O aumento de peso aplicado na região, por meio de piercings, também pode influenciar.

Em casos mais raros, a dificuldade de limpar a região acaba causando acúmulo de secreções e urina levando a infecções constantes, como a candidíase, que também leva as mulheres a optarem pela cirurgia plástica.

Como é feita a ninfoplastia

A cirurgia é realizada em ambiente hospitalar, com anestesia local e dura entre 40 minutos e uma hora. Durante o procedimento, o cirurgião corta os pequenos lábios e costura suas bordas para esconder a cicatriz. A sutura é feita com fios absorvíveis, portanto não há necessidade de se preocupar em voltar ao hospital para retirar os pontos.

Normalmente, a mulher recebe alta no mesmo dia, mas em alguns casos, pode ser necessário passar a noite no hospital. Após a cirurgia, recomenda-se o repouso absoluto, com as pernas ligeiramente elevadas, ajudando a diminuir a dor e o inchaço da região genital.

O repouso deve ser mantido por dois a três dias após a cirurgia. Depois disso, a paciente pode gradualmente retomar sua rotina. Mulheres que trabalham no escritório, sem grandes esforços físicos, podem retornar à rotina após 15 dias. A relação sexual pode ser reiniciada 30 ou 45 dias após a cirurgia.

Após 30 dias a região já está curada, então é possível ver resultados parciais. Após 90 dias o inchaço já está reduzido e é possível ver o resultado final.

É importante lembrar que a cirurgia não afeta uma possível gravidez e também não interfere na sensibilidade da vagina. Isso porque a sensibilidade está localizada no clitóris e durante a cirurgia não há manipulação ou corte nessa região.

Fonte: Reprodução: Pinterest

Benefícios e contraindicações da ninfoplastia

O principal benefício da cirurgia é a melhora da autoestima da mulher. Além disso, os pacientes relatam melhora no desempenho sexual, pois lábios muito grandes podem causar dor durante o contato íntimo.

Patologia local e gravidez são as duas únicas contraindicações para cirurgia íntima. Porém, como em qualquer cirurgia, os indivíduos com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e insuficiência cardíaca, devem evitar procedimentos cirúrgicos. Pacientes com infecção ativa no local ou na alta devem ser submetidos a tratamento antes da cirurgia.

Além disso, vale ressaltar a importância de procurar um profissional treinado que possa realizar o procedimento sem riscos.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Labioplastia

Rinoplastia Secundaria: Porque Fazer?

Rinoplastia Secundaria: Porque Fazer?

A rinoplastia secundaria também conhecida como rinoplastia de revisão, é onde alguém realiza uma cirurgia no nariz após ter realizado uma cirurgia nasal. As razões para realizar a rinoplastia secundaria são tão variadas quanto as razões para realizar uma plástica no nariz em primeiro lugar. Isso pode incluir aparência ou estética inaceitáveis, dificuldades respiratórias ou ambas. A rinoplastia de revisão pode ser uma das operações mais desafiadoras e recompensadoras da cirurgia plástica facial.